Convulsão Infantil – Acupuntura

A convulsão infantil geralmente dura poucos segundos e podem repetir-se várias vezes por dia. As convulsões podem resolver-se espontaneamente até os 5 anos de idade, mas em geral podem ser substituídas por outros tipos de convulsões, ocorrem em até 1,4% dos recém-nascidos sendo que a maioria das convulsões neonatais é focal, provavelmente porque no recém-nascido a generalização da atividade elétrica é impedida por falta de mielinização e formação incompleta dos dendritos e sinapses cerebrais.

convulsc3a3o-infantil-01.jpg

Os espasmos começam com contrações súbitas, rápidas e tônicas do tronco e dos membros, às vezes por vários segundos. Os espasmos variam de acenos sutis de cabeça até contrações do corpo todo. Eles envolvem flexão, extensão ou, mais frequentemente, ambos (misto). Os espasmos geralmente ocorrem em grupo, dúzias de vezes sucessivamente, em geral depois que a criança acorda e, ocasionalmente, durante o sono. Às vezes, inicialmente eles são confundidos com sustos.

Em geral, há defeitos de desenvolvimento. Nos primeiros estágios da doença, pode ocorrer regressão de desenvolvimento (p. ex., a criança perde a capacidade de sorrir, sentar-se ou rolar o corpo).

A frequência de mortes prematuras varia de 5 a 31% e está relacionada à etiologia dos espasmos infantis.

A fisiopatologia é desconhecida, entretanto os espasmos infantis podem refletir interações anormais entre o córtex e o tronco cerebral.

depositphotos_12200473-stock-illustration-floral-yin-yang-symbol

Na Medicina Chinesa

Esta enfermidade pode ser dividida em dois tipos: agudo e crônico.
Convulsão Aguda – O fator causante é o vento endógeno provocado pela invasão de vento-frio exógenos acompanhado de acumulação de alimentos não digeridos no estômago que causa fleuma e calor extremo. As enfermidades agudas e febris também podem provocar convulsão aguda.

Convulsão Crônica – Esta ocorre devido a debilidade da função do Baço e do Estômago depois de ter passado por uma enfermidade crônica.

Diferenciação

Convulsão Aguda – Febre elevada, coma, olhos fixos que olham para cima, espasmo do músculo masseter, ruido de fleumas, contração tetânica, opistótono, cianose, pulso rápido e de corda.

Convulsão Crônico – Enfraquecimento, palidez, lassidão, letargia com olhos semicerrados, convulsão intermitente, extremidades frias, fezes moles com alimentos sem digerir, urina em excesso e de cor clara, pulso profundo e fraco.

Convulsão Infantil 00

Tratamento

Convulsão Aguda

São selecionados os pontos do Canal Du como principais, e que são adequados para eliminar calor, vento e para o restabelecimento. Podemos usar o método de dispersão. A moxabustão nesse caso é contraindicado.

Exemplo de pontos são: Shixuan (Extra), Yintang (Extra), Renzhong (Du 26), Quchi (IG 11), Taichong (F 3).
Pontos secundários: no caso de coma podemos usar Laogong (PC 8), Yongquan (R 1), no caso de convulsão prolongada podemos usar Xingjian (F 2), Yanglingquan (VB 34), Kunlun (B 60), Houxi (ID 3), no caso de febre elevada podemos usar Dazhui (Du 14), Hegu (IG 4).

Fazer sangria nos pontos Shixuan com a finalidade de eliminar o calor. O ponto Yintang tem a função antiespasmódica. Renzhong tem um bom efeito de promover o restabelecimento. Quchi é usado para eliminar o calor dos canais Yangming. Usar o método dispersante no ponto Taichong para acalmar o vento do Fígado. Laogong e Yongquan são pontos importantes para os casos de emergência, principalmente para eliminar o calor excessivo. Os pontos Xingjian e Yanglingquan são usados para dispersar o calor do Fígado e da Vesícula Biliar e aliviar o espasmo. Kunlun é um ponto do canal da Bexiga, a parte superior de seu trajeto entra no cérebro, Houxi se comunica com o canal Du. Os últimos pontos são usados em combinação com o propósito de deixar a mente mais clara e aliviar as convulsões. Dazhui é ponto de confluência de todos os canais Yang e Hegu é o ponto Yuan do canal Yangming da mão. Estes pontos são usados para dispersar o calor excessivo nos canais Yang.

Convulsão Infantil 03

Convulsão Crônica

Podemos usar pontos dos canais Ren e Yangming do pé (Estômago) e aplicar Acupuntura e Moxabustão para fortalecer a função do Estômago e do Baço.

Exemplo de pontos são: Zhongwan (Ren 12), Guanyuan (Ren 4), Zusanli (E 36), Zhangmen (F 13), Yintang (Extra).

Zhangmen, Zhongwan e Zusanli são usados para regular a função do Baço e do Estômago. Usamos Moxabustão no ponto Guanyuan para tonificar o Qi original. Moxa também no ponto Yintang para parar a convulsão.

Nota
A convulsão aguda indica a infecção do sistema do nervo central e encefalopatia tóxica, tais como meningoencefalite epidêmica e pneumonia tóxica. A Acupuntura tem a função antifebril e antiespasmódica, mas devemos fazer um diagnóstico prévio e claro e para realizar um bom tratamento.
A convulsão crônica é causada principalmente por vômito contínuo, diarreia crônica e prolongada por transtornos metabólicos e nutritivos, ou por infecções crônicas do sistema nervoso central. Em todos os casos de evolução da convulsão aguda, deve tomar algumas medidas para o tratamento.

Pontos Específicos da Acupuntura

Vamos falar um pouco sobre as definições dos pontos de Acupuntura, não sobre suas aplicações, mais sim sobre sua essência, sobre as divisões dos pontos, sua importância, seu grupo, sua origem, são fatores que tornam um diagnóstico e escolha de pontos muito mais fácil.
Estes pontos têm denominações especificas devido a sua função especial.

Cinco Pontos Shu/Pontos de Transporte

Ao longo de cada um dos 12 canais regulares, nas extremidades superiores abaixo do cotovelo e nas extremidades inferiores abaixo do joelho, existem cinco pontos específicos que são chamados de jing-poço, ying-manancial, shu-riacho, jing-rio e he-mar. Estes nomes representam o fluxo de Qi nos canais como se fossem o fluir das águas. Na Europa eles são conhecidos como Pontos dos “Elementos” ou “Comando” e na França como “Ancestrais”. Os pontos jing-poço estão situados onde o Qi surge como “a água brota desde o profundo da terra”. Os pontos ying-manancial estão onde o Qi do canal é parecido com “uma corrente muito grande que não para de fluir”. Os pontos shu-riacho se encontram onde o Qi do canal é parecido a “uma corrente que pode irrigar e transportar”. Os pontos jing-rio estão onde o Qi do canal é parecido com uma corrente caudalosa que flui livremente e os pontos he-mar correspondem a desembocadura do rio no mar. Estas analogias podem nos oferecer uma ideia mais clara do significado dos pontos e também nos indicam o estado do Qi no canal em diferentes pontos específicos.

imgrc0073126210

As propriedades terapêuticas dos cinco pontos Shu são: os pontos jing-poço são usados para tratar os transtornos mentais, sensação de sufocamento no peito e rápida mudança de humor, os pontos ying-manancial para curar as enfermidades febris e liberação de calor, os pontos shu-riacho para o tratamento de síndromes bi (dor nas articulações, obstruções dolorosas) causados por vento e umidade patógenas, os pontos jing-rio para tratar asma, tosse e transtornos de garganta, e os pontos he-mar para tratar transtornos do intestino, estômago e outros órgãos fu (cada um dos seis órgãos fu tem um ponto he-mar específico nos três canais yang do pé, pontos conhecidos como he-mar inferiores).

Os clássicos chineses apresentam várias formas de aplicação para os pontos Transporte. Podem ser usados de acordo com as estações do ano, de acordo com os fatores patogênicos e os cinco elementos, para tratar órgãos Yin ou para inquietação mental e ansiedade, dito no Clássico das Dificuldades.

Jing-poço Inquietação mental, ansiedade, Plenitude abaixo do coração. Órgãos Yin No Inverno Expelir Vento
Ying-manancial Sensação de calor no corpo, dispersar calor Alteração da compleição Condições dos canais (junto com shu) Órgãos Yin (junto com shu), manancial dos canais Yin Na primavera Dispersar Calor
Shu-riacho Peso e dor articular, umidade e síndrome Bi Sintomas intermitentes Condições dos canais (junto com shu) Órgãos Yin (junto com shu).Shu dos canais Yin No verão Umidade ou Fleuma
Jing-rio Falta de ar, tosse, sensação de calor e frio, asma Acometimento da voz Tendões e ossos. Jing dos canais Yin No final do verão
He-mar Rebelião do Qi e diarreia, distúrbios digestivos Doenças do estômago Órgãos internos Yang Pele. Pontos He dos canais Yang No outono Expelir o Frio

Pontos Yuan – Fonte

Yuan significa fonte. Cada um dos doze canais regulares possuem um ponto Yuan nas extremidades onde se retém o Qi original. Os pontos Yuan dos canais Yin coincidem com os pontos shu-riacho dos cinco pontos Shu. Os pontos Yuan tem um grande significado para o diagnóstico, pois refletem o estado do Qi Original de seus órgãos, e tratamento das enfermidades dos canais e dos órgãos ZangFu, pois são usados para tonificar principalmente os órgãos Yin.

Pontos Luo – Conexão

Luo significa conexão e são chamados de Luo Mai. Cada um dos doze canais regulares também possuem uma ramificação colateral nas extremidades, comunicando em pares definidos pelos canais yin e yang para que estejam relacionados externa-internamente. No tronco existem os colaterais dos canais Ren e Du e o colateral maior do Baço “Grande Canal de Conexão” que se estende respectivamente pela parte posterior, anterior e lateral do corpo. Cada um dos colaterais possuem um ponto Luo, resultando em um total de 15 pontos, o “grande canal de conexão estômago” não possui ponto Luo. São usados para tratar as enfermidades dos canais que tem relação exterior e interior e as enfermidades das zonas por onde passam os canais. Cada um dos pontos de conexão de seus canais se ramifica por uma trajetória separada. Geralmente são usados em conjunto com os pontos yuan.

Pontos Xi – Fenda/Acúmulo

Xi significa fenda que está relacionado ao local onde estão localizados na fenda onda se acumula o Qi, é um local profundo onde converge o Qi dos canais. Cada um dos doze canais regulares tem um ponto Xi nas extremidades, cotovelos ou joelhos, e cada um dos quatro canais extraordinários (yinwei, yangwei, yinqiao, yangqiao) também possuem um ponto Xi, no total são 16 pontos. Os pontos Xi são usados para tratar a dor e enfermidades agudas dos órgãos Zang-Fu a que pertencem, enfermidades das zonas por onde passam os canais e para estancar sangramentos.

Acupuncture points

Pontos Shu – Dorsais

Nesse caso o Shu significa transportar. Estes pontos estão situados na região dorsal onde o Qi dos órgãos Zang-Fu é transportado e dispersado. São encontrados nas costas e na região lombar, nas paravertebrais. Estes pontos se relacionam com os órgãos Zang-Fu. Quando qualquer dos órgãos Zang-Fu sofre alguma disfunção, aparecem pontos dolorosos à pressão ou outras reações anormais nas costas. Eles desempenham um papel muito importante no diagnóstico e no tratamento das enfermidades dos órgãos Zang-Fu correspondentes. Indispensáveis para tratar patologias crônicas pois tem o papel de conduzir o Qi para os órgãos internos e fazem parte do canal da Bexiga

Pontos Mu – Frontal/Alarme

Nesse sentido o Mu significa coletar, recrutar e são conhecidos também como pontos de alarme. Estes pontos estão no tórax e no abdome, com exceção de um ponto, onde se concentra o Qi dos órgãos Zang-Fu e estão perto dos órgãos Zang-Fu correspondentes. Quando os Zang-Fu se alteram, também aparecem pontos dolorosos à pressão ou espontaneamente e outras reações anormais nos pontos. Estes pontos tem um grande significado no diagnóstico e tratamento das enfermidades dos órgãos Zang-Fu correspondentes como para tonificar os órgãos internos ou expelir fatores patogênicos e usados principalmente para situações agudas.

Pontos Mestres – Hui

Hui significa acolher, juntar. São pontos de influencia que dominam os órgãos Zang e Fu respectivamente, o Qi e o Xue. Cada um dos oito pontos tem uma determinada função como ponto mestre, porém também possui outras atribuições.

Pontos dos Quatro Mares

São pontos diferenciados dos doze canais que nos clássicos são chamados de 12 canais de água, e por isso esses pontos são chamados de Pontos dos Quatro Mares. São eles: Mar dos alimentos, Mar do Qi, Mar do Sangue e Mar da Medula.

canstockphoto7872423

Pontos Janela do Céu

São pontos descritos em situações diferentes nos clássicos chineses, onde foram descritos como 5 em um capitulo e mais tarde 5 em outro capitulo. Eles são usados para dominar o Qi rebelde que vem da cabeça ou que sobe para a cabeça, fatores emocionais e mentais devido a ascensão de yang.

Pontos Estrela do Céu

São 12 pontos usados em pares que, segundo descrito por Ma Dan Yang, eram os pontos mais importantes por tratar todas as patologias. Usados também para tratar fatores patogênicos.

Pontos do Espírito

Como descrito por Sun Si Miao, são 14 pontos usados para tratar patologias mentais e psicoses onde eram aconselhados usar um ponto por vez.

Pontos do Sistema dos olhos – Mu Xi

São pontos usados principalmente para as disfunções oculares e são intimamente ligados ao cérebro. Dividem-se em grupos de 3 canais Yang que rodeiam os olhos. Tem influencia sobre o hipotálamo, cérebro e glândula hipófise, tratando assim problemas neurológicos, mentais e cerebrais.

Pontos Comando

São 5 pontos que agem local e especificamente em determinada área. Importante lembrar que não estamos falando dos pontos Ying, Jing, Shu, He e Jing, porque em alguns lugares da Europa também são conhecidos como “Pontos Comando”.

Caso queira saber mais sobre pontos de acupuntura pode acessar nosso estudo sobre Distribuição e classificação dos Canais e Colaterais – Meridianos e Diferenciação das síndromes de acordo com a teoria dos meridianos.

Pulseira de Acupressão

Uma boa ideia de Álvaro David Villa Velasco, Engenheiro de Marketing do Equador, foi à pulseira de acupressão, que usa instrumentos simples e tem como objetivo ajudar pessoas que possuem enjoo, náuseas, tontura e vômitos. Essa pulseira vai realizar a pressão de pontos de acupuntura localizados no pulso (PC 6), assim estimulando o ponto constantemente de forma leve e suave.

Esse Artigo foi feito para cidade de Quito no Equador, e as informações referentes à população e valores da pulseira também foram referentes à cidade. Os objetivos do projeto foram para ver a viabilidade do desenvolvimento do projeto na cidade, analisar a situação do mercado e comportamento dos consumidores, estabelecer estratégias de marketing no mercado, estrutura organizacional para o desenvolvimento e comercialização do produto e determinar a viabilidade financeira para a produção e comercialização.

Quito é a capital e segunda maior cidade do Equador. A partir de 2008 passou a ser a capital da Unasul (União de Nações Sul-Americanas) bloco que visa fortalecer as relações comerciais, culturais, políticas e sociais entre as doze nações da América do Sul.

pulseira-acupressao

Resumo do Artigo

Este projeto se desenvolve com a finalidade de conhecer a viabilidade de gerar um empreendimento com foco na produção e comercialização de pulseiras de acupressão para minimizar os sintomas de tontura, vômitos e náuseas, que apresentam pessoas que são submetidas a tratamentos médicos, mulheres grávidas ou crianças que se sentem enjoadas quando fazem uma viagem. Para delimitar o tamanho do mercado, o projeto se concentra nas mulheres grávidas que constitui um grupo objetivo, plenamente identificável e quantificável. A metodologia de investigação se baseou na exploração do mercado através do uso de técnicas quantitativas e qualitativas, as quais determinaram que o produto é viável para implementar por sua aceitação no mercado e processo de produtivo é executável no país, já que o único produto importado é o mecanismo de acupressão, para depois montar junto com os outros componentes por parte da empresa HEALTHY BAND. As principais conclusões do documento estabelecem que exista um mercado para as pulseiras de acupressão, mas é necessário um pano de marketing que fundamente a promoção e publicidade do produto, para que os consumidores localizem em pontos de venda e através da recomendação de seus médicos. A viabilidade financeira determinou que o projeto tivesse um investimento inicial de $ 81.822,04, o qual se concentra em capital de trabalho, inventario inicial e a aquisição de ativos fixos; a proteção de vendas determinou um valor atual líquido $14.105 e taxa interna de retorno de 27,75% que superior à taxa de desconto de 18,25%. Em base nesta informação se recomenda a execução do projeto.

Segue o link do Artigo

Link do Artigo Original

Meridianos e Colaterais – Jing-Luo

Jing-Luo (meridianos e colaterais)

Os jing-luo (meridianos e colaterais) se distribuem por todo o corpo, se relacionam internamente com os zang-fu (órgãos e vísceras) e externamente com os diversos tecidos e órgãos, formando assim integralmente um todo. Os jing são os troncos principais e pertencem aos seus respectivos órgãos zang-fu, enquanto os luo são os ramos de jing e se distribuem por todo o corpo.

sd-acunputura-tradicional-cinhesa-alemanha

Nomenclatura e classificação

O sistema de meridianos é composto por doze meridianos regulares, oito extraordinários e quinze colaterais. Os doze regulares junto com o meridiano Ren e Du dos oito extraordinários formam “os catorze meridianos”, ao longo dos quais são os pontos de acupuntura e moxabustão.

O nome completo de cada um dos doze meridianos está formado em três partes:

  • Mão ou Pé – O meridiano termina ou inicia nas mãos ou nos pés
  • Yin ou Yang – O meridiano que percorre a face interna pertence ao Yin e o que percorre a face externa pertence ao Yang. Yin se divide em taiyin, shaoyin e jueyin, por sua vez o Yang se divide em taiyang, yangming e shaoyang
  • Zang ou Fu – O órgão ao qual o meridiano pertence

Por exemplo, o canal que termina nas mãos, passa pela face interior das extremidades superiores e pertence ao pulmão, se chama de Meridiano do Pulmão Taiyin da Mão.
Os oito meridianos extraordinários são Du, Ren, Chong, Dai, Yangqiao, Yinqiao, Yangwei, Yinwei, estes não pertencem ou se conectam diretamente com os órgãos zang-fu, e seus trajetos são diferentes dos doze meridianos regulares.

O nome de cada um destes oito meridianos explica um sentido especial:

  • Du significa governar, porque o meridiano Du governa todos os meridianos Yang
  • Ren significa “estar encarregado de”, porque o meridiano Ren é responsável por todos os meridianos Yin
  • Chong significa “vital”, porque o meridiano Chong é o canal vital que se comunica com todos os outros meridianos
  • Dai é o meridiano da ligação, um cinturão que une todos os meridianos
  • Qiao significa calcanhar, quer dizer que os meridianos Yinqiao e Yangqiao possuem a origem no pé e passam agilidade
  • Wei possui o conceito de conexão, o que significa que os meridianos Yinwei e Yangwei conectam-se respectivamente com todos os meridianos Yin e Yang

Cada um dos doze meridianos regulares tem um ramo colateral, entretanto, existem outros três ramos colaterais dados pelos canais Du, Ren e Baço (este tem dois colaterais). O conjunto destes ramos colaterais é chamado “os quinze colaterais”.

meridianos-e-colaterais
Sistema dos Meridianos e Colaterais com os 12 regulares, os 8 extraordinários e os 15 colaterais

Os doze meridianos regulares se distribuem tanto pelo interior como pelo exterior de todo o corpo. Qi (energia) e Xue (sangue) circulam nos meridianos definidos por uma ordem, começando pelo meridiano do Pulmão Taiyin da Mão e passando por todos os outros meridianos até chegar ao Meridiano do Fígado Jueyin do Pé, onde completa um ciclo, então volta ao Meridiano do Pulmão Taiyin da Mão para começar outro ciclo.

ordem-de-circulacao
Ordem da circulação de Qi e Xue entre os meridianos regulares

Funções dos Meridianos e Colaterais

A função dos Meridianos e Colaterais é transportar qi e xue, aquecer e nutrir os tecidos, conectar todo o corpo de maneira que se mantenham as estruturas completas e coordenar os diversos órgãos zang-fu, as extremidades, ossos, etc, fazendo que o organismo seja uma unidade orgânica integral. Estas funções desempenham um papel muito importante no trabalho clínico.

Patologicamente os meridianos e colaterais são responsáveis pela ocorrência e transmissão das enfermidades. Quando a função dos meridianos e colaterais é anormal, o corpo está exposto ao ataque dos fatores patógenos exógenos, uma vez que o organismo seja afetado, estes fatores são transmitidos do exterior para o interior do organismo, do superficial para o profundo através dos meridianos e colaterais. Quando os fatores patógenos exógenos invadem a superfície do corpo, podemos apresentar aversão ao frio, febre, dor de cabeça. Se estes fatores são transmitidos ao pulmão, começamos a apresentar os sinais e sintomas pulmonares, tais como tosse, respiração asmática, dor no peito, etc.

Os meridianos e colaterais não são somente a entrada para os fatores patógenos exógenos, como também são condutores de importante influencia patógena entre os próprios órgãos zang-fu, entre os tecidos e órgãos na superfície do corpo. Por exemplo, a disfunção do fígado na dispersão e drenagem produz a disfunção por declínio do estomago que provoca náusea e vomito, a ulceração e dor queimante na língua são causadas pela ascensão do Fogo do coração.

meridianos3

Na prática clínica, as enfermidades podem ser determinadas segundo seus sintomas e sinais, sua localização, seu trajeto nos meridianos e colaterais e segundo os órgãos zang-fu ao qual pertencem. Por exemplo, a função de dispersão e drenagem do fígado facilita a secreção e a produção da bílis. O meridiano do fígado está distribuído na região do hipocôndrio, devido a isso, a pele amarela e a dor do hipocôndrio são sintomas de enfermidades do fígado, enquanto tosse e dores no peito indicam desordem no pulmão que tem a função respiratória e seu canal se origina no tórax. Também se determinamos as enfermidades de acordo com os pontos dolorosos e reações anormais ao longo da região onde circulam os meridianos, ou em certos pontos do mesmo. Por exemplo, o caso de apendicite, podemos encontrar um ponto doloroso ao pressionar o ponto Lanwei (apêndice, extra), outro exemplo é o caso de enfermidade no pulmão podemos encontrar um ponto doloroso ao pressionar o ponto Feishu (VB13).

A teoria dos meridianos e colaterais é um guia de amplo uso no tratamento das enfermidades em diversas especialidades médicas, sobre tudo, a acupuntura e moxabustão. Ao tratar as enfermidades com acupuntura e moxabustão devemos descobrir antes de tudo as mudanças patológicas de certos meridianos e certos órgãos zang-fu afetados, depois, selecionar os pontos na região proximal e distal, no canal correspondente pra proceder e regular a circulação de qi, xue, e dos meridianos e colaterais.