Artigos

Acupuntura é um dos melhores tratamentos para o Tabagismo

Olá!
Escolhi 2 artigos que estavam guardados aqui que falam sobre acupuntura no combate do tabagismo, existem mais que foram lançados em 2017, o que significa que ainda vou falar sobre esse assunto após ler os outros e observe alguns pontos importantes que não foram abordados nesses trabalhos.
O primeiro artigo foi publicado pela Experimental Pathology and Health Sciences 2016;8 e feito por pesquisadores do Reino Unido/Portugal e o segundo artigo foi publicado pela Revista Brasileira Terapia e Saúde feito por pesquisadores curitibanos.

Acupuntura é um dos melhores tratamentos para o Tabagismo

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que o tabagismo seja responsável por 5,4 milhões de óbitos por ano em todo o mundo, só perdendo para a hipertensão arterial sistêmica. Este número deve aumentar até o ano de 2030, já que a estimativa é de que até lá haja 8 milhões de óbitos ao ano devido ao hábito de fumar. Em um estudo de longo prazo, os pesquisadores observaram que os fumantes vivem em média, dez anos menos do que pessoas que nunca fumaram, o que reforça a tese da OMS de que o tabagismo seja a principal causa de morte evitável em todo o mundo. [WHO, Genève, Suisse: World Health Organization, 2008].

smoke

Vários estudos epidemiológicos confirmam o vínculo entre o consumo de tabaco e uma maior probabilidade de contrair inúmeras doenças, com particular ênfase no câncer em locais diferentes, às doenças respiratórias, cardiovascular e capacidade de reprodução. [DGS (2014). Underwood, J.C.E. (2001)].

Os maiores riscos em longo prazo são caracterizados por patologias de maior gravidade como infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral, doença pulmonar obstrutiva crônica e câncer em diversos órgãos, como pulmão, cavidade oral, laringe, faringe, bexiga, pâncreas e colo do útero. [Ministério da Saúde, Instituto Nacional do Câncer (INCA)]

A associação entre ansiedade, tabagismo e dependência de nicotina é multifatorial. O uso de tabaco e a dependência de nicotina podem aumentar as chances de desenvolver ansiedade, devido aos potenciais efeitos adversos feitos nos mecanismos que modulam a ansiedade ou, mesmo que o efeito direto causado no sistema autônomo e respiratório, que alterem sua resposta física, desenvolvendo distúrbios ansiosos. A ansiedade pode aumentar o risco de comportamento do tabagismo e a consequente dependência da nicotina, uma vez que os sujeitos ansiosos pesquisam no tabaco um medicamento sedativo auto-prescrito. [Moylan, S., Jacka, F., Pasco, J., Berk, M. (2012)].

cigarro

O consumo de tabaco pode interferir com a sensibilidade gustativa. Estudos recentes apoiam a teoria de que o vício do tabaco afeta o bom funcionamento da cavidade oral, incluindo a percepção do gosto. [Akal, U., Delilbasi, C., Yilmaz, T., Redzep, E. (2003)].

Artigo 1

Therapeutic effect of body acupuncture in tobacco cessation: a study protocol

Nós assumimos que, no final do estudo, os participantes reduzem sua dependência de nicotina, traduzida na diminuição das pontuações Questionário Fagerstrom. Também medimos o grau de ansiedade dos participantes do questionário de auto-avaliação, a ansiedade de Zung, bem como a sensibilidade ao gosto durante o estudo.

A metodologia segue, usando uma pequena amostra, com três voluntários do fumante, consistiu em agulhas durante 8 sessões, duas vezes por semana nos pontos: (1) Tim Mee; (2) IC4; (3) C7; E (4) C5. A dependência fisiológica da nicotina e do nível de ansiedade foi avaliada antes e depois de cada tratamento usando a Escala de Ansiedade Auto Rating de Zung. A sensibilidade do sabor foi avaliada como três momentos distintos, no início do teste, após a metade dos tratamentos e no final, utilizando 12 soluções com diferentes concentrações dos quatro gostos básicos (doce, sal, amargo e azedo). No início e no final do estudo, foram aplicados dois questionários (Fagerström e Glover-Nilsson test) para avaliar a dependência da nicotina.

A partir da análise dos questionários aplicados antes e após o tratamento, registramos uma diminuição significativa nos escores de Fagerstrom (Figura 1) e os questionários de Zung (Figura 2) no final, para todos os assuntos.

figura 1

Figura 1 – Fagerstrom Questionnaires

figura 2

Figura 2 – Zung Questionnaire

 

Em termos de sensibilidade ao sabor, Figura 3, a pontuação aumentou através do ensaio.

figura 3

Figura 3 – Taste Sensitivity

No final, todos os sujeitos tiveram uma melhora significativa desse sentido, mesmo com o sujeito três que registraram uma diminuição ligeira na avaliação intermediária. Os resultados demonstraram que os pontos selecionados foram eficazes na redução dos sintomas resultantes da retirada da nicotina, na redução da ansiedade e na melhoria do sentido do sabor de todos os participantes utilizados. Estes resultados vão na mesma direção de um recente estudo semelhante realizado sobre fumantes [1], no qual, após a aplicação dos tratamentos, registrou uma diminuição no curto prazo dependente da nicotina, avaliada pelo questionário de Fagerström. Os sintomas diminuídos retirados podem estar associados à estimulação do ponto Tim Mee. Para alguns autores, este ponto extra é usado para cessação do tabagismo, sendo fundamental para este processo, juntamente com outros pontos. A melhoria registrada em termos de ansiedade pode estar relacionado com a combinação dos pontos IC4 e C7. Em nosso estudo, o ponto selecionado para induzir um efeito positivo no sentido do gosto foi C5, esse ponto é usado tem conexão (luo) com o meridiano do coração, possui um vínculo interno com as bases da língua, que pode ser responsável pelas melhorias registradas No sentido do gosto neste estudo.

1 – Akal, U., Delilbasi, C., Yilmaz, T., Redzep, E. (2003). Evaluation of some factors affecting taste perception, OHDMBSC 2(4).

Artigo 2

Tratamento do Tabagismo por Acupuntura

A amostra desta pesquisa constituiu-se de 6 voluntários tabagistas há 33,66 anos em média, de ambos os sexos que desejavam parar de fumar. Foram atendidos num período de três meses, totalizando 4 sessões de acupuntura.

Os pontos auriculares selecionados para o tratamento foram punturados na orelha do lado dominante dos indivíduos, com exceção do ponto vício, aplicado bilateralmente, sendo os pontos: Shenmen, rim, sistema neuro vegetativo, pulmão 1 e 2, vício, intestino grosso, ansiedade 1 e 2, hélix 6 (ponto do psiquismo) e fígado yang 1 e 2, sendo que os dois últimos pontos foram estimulados com semente de mostarda e os demais com agulhas semi-permanentes de aço inox de 1,5mm (marca ARHONDIN R). A localização realizada do mapeamento foi segundo Souza. [Souza, M.P., Tratado de Auriculoterapia].

Já para aplicação da acupuntura sistêmica, o acuponto de escolha foi o ponto extra conhecido por “Doce Mel” que localiza-se na mão, entre os tendões flexores do polegar na linha do punho e foi aplicado bilateralmente. Foram utilizadas agulhas filiformes sistêmicas descartáveis de 0,25mm-40mm.

Quinze dias após a última sessão os voluntários participaram das chamadas sessões em grupo de “manutenção”, onde foi verificado o estado geral dos indivíduos após o tratamento. O Fagerstrom Test for Dependence Nicotine foi aplicado novamente para avaliar o grau de dependência à nicotina após a aplicação de acupuntura.

As características dos voluntários que participaram deste estudo são demonstradas na Tabela 1, e assim mostra o perfil da amostra para este estudo.
O consumo diário de cigarros foi avaliado antes e após o tratamento, como demonstrado na Figura 1.

Tabela 1

Tabela 1: Perfil dos voluntários, quanto a idade, gênero, consumo de cigarros/dia e tempo de tabagismo

 

Figura 1

Figura 1: Perfil dos voluntários, quanto a idade, gênero, consumo de cigarros/dia e tempo de tabagismo

Os resultados obtidos demonstraram que três voluntários abandonaram o hábito de fumar após o tratamento, enquanto outros três reduziram acentuadamente seu consumo diário na média de 81%. O grau de dependência à nicotina avaliado pelo questionário de Fagerstrom estão demonstrados na Figura 2.

Figura 2

Figura 2: Grau de dependência à nicotina antes e após o tratamento de cada voluntário, de acordo com o Fagerstrom Test for Dependence Nicotine

A média dos escores da amostra avaliada antes do tratamento foi em média 7,67. Após o tratamento realizado com acupuntura auricular e sistêmica, este número decaiu para 1,67 perfazendo uma melhora nos escores de 78%.

Corroborando com a pesquisa de Menezes[8], a maioria dos tabagistas que procura ajuda com desejo de parar com este vício é do sexo feminino, representando 75% dos voluntários deste estudo. O que difere na pesquisa de Ta-Peng et al.[11] onde a maioria dos participantes foram do sexo masculino.

Alguns efeitos secundários, mas com importante influência no bem-estar, relatados pelos voluntários ao longo do tratamento, foi a melhora do paladar, uma evolução na qualidade no sono, respiração mais fácil tornando-se menos ofegante e estabilização da pressão arterial. Sabe-se que o bem estar geral é um fator motivacional para aumento da autoestima e equilíbrio da ansiedade.

Quando perguntados sobre o tratamento com acupuntura, 100% dos indivíduos relataram maior facilidade e adesão ao tratamento. Todos os voluntários do estudo relataram que após inserção das agulhas, sentiram náusea e cefaleia ao fumar, fato que foi atrasando cada vez mais o horário de acender o primeiro cigarro.

A partir dos resultados deste estudo, observou-se que 50% dos voluntários que utilizaram acupuntura conseguiram abandonar o vício e daqueles que não conseguiram parar de fumar reduziram em média 81% o número de cigarros fumados diariamente. Na pesquisa realizada por Luppe et al.[6], que utilizou como método de tratamento gomas e adesivos de nicotina, apenas 35,9% dos voluntários conseguiu abandonar o vício, comprovando assim a eficiência da acupuntura como método terapêutico no abandono do cigarro.

8 – Menezes, A.M.B., Diretrizes para cessação do tabagismo. Jornal Brasileiro de Pneumologia, 20(2):S3–S7, 2004.
11- Ta-Peng, W.; Fang-Pey, C.; Jui-Yao, L.; Ming-Hsien, L. & Shinn-Jang, H., A randomized controlled clinical trial of auricular acupunture in smoking cessation. Journal of Chinese Medical Association, 70(8):331–338, 2007.
6 – Luppe, C.H.B.; Alves, M.V.M.F.F. & Santos, A.A., Programa de cessação do tabagismo: perfil e resultados. Revista Ciência em Extensão, 2(2):1–18, 2006.

Conclusão

Como conclusão dos estudos no artigo 1 sugere que a acupuntura corporal, com a combinação de pontos aqui apresentados, poderia ter um efeito positivo terapêutico no processo gradual de cessação do tabagismo. Os principais efeitos positivos observados foram a diminuição dos sintomas resultantes da síndrome de abstinência, bem como, nos níveis de ansiedade e aumentos na sensibilidade ao gosto, ao comparar os dados antes e após o estudo.

Já os estudos do artigo 2 permitiram concluir que a acupuntura foi eficaz na redução e cessação do tabagismo. Houve uma satisfatória adesão dos voluntários ao tratamento, sugerindo ser uma boa opção de tratamento ao tabagista. Recomendase os pontos utilizados e estudos futuros de natureza longitudinal para observar a estabilidade dos resultados obtidos.

O que achou desse artigo?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s