Didático

Diferenciação das síndromes de acordo com os Zang-Fu (Madeira)

Optei por dividir as síndromes zangfu por etapa, agora vamos tratar dos órgãos do elemento Madeira e assim por diante. Lembrando que em caso de dúvida e sugestões podem colocar nos comentários. Vamos dar um passeio pelas síndromes do Fígado, que é a base da Madeira.

Diferenciar as enfermidades de acordo com a teoria zangfu significa distinguir as enfermidades dos órgãos observando suas condições fisiológicas como base, porque cada um deles tem diferentes funções fisiológicas. Quando um órgão zang ou fu não funciona normalmente sua desordem funcional pode afetar a ele mesmo, mas também pode afetar ou ser afetado por outros órgãos.

Já falamos também sobre outros elementos:
Água
Fogo
Metal
Terra

human liver

SÍNDROMES DO FÍGADO

Acúmulo (estase) de qi do Fígado

As manifestações clínicas dessa síndrome são dor e distensão do hipocôndrio e hipogastro, distensão mamaria, sensação de opressão no peito, suspiro, arroto ou sensação de corpo estranho na garganta, menstruação irregular.

Etiologia e Patologia

Esta síndrome geralmente ocorre pela irritação mental (stress, neuroses, etc) que causa a estase de qi do fígado e estagnação do canal do Fígado provocando dor e distensão da região do hipocôndrio e hipogastro, distensão mamaria, sensação de plenitude torácica e suspiro. A acumulação do qi do Fígado pode afetar o estomago, causando assim um excesso de qi do estomago, provocando arroto. A sensação de corpo estranho na garganta ocorre por causa da estagnação de qi no canal do Fígado que, junto com a fleuma, forma uma protuberância na garganta. A acumulação (estase) do qi do Fígado e sua dispersão da função e drenagem do Fígado podem afetar a função de armazenamento do sangue do Fígado. Também, a estagnação de qi conduz a estagnação de xue (sangue), causando assim a menstruação irregular.

shutterstock_176963621

Excesso/subida do fogo do Fígado

As manifestações clínicas são tontura, sensação de distensão na cabeça, cefaleia, conjuntivite aguda, boca amarga, rubor facial, irritabilidade e nos casos mais severos podemos ver hematêmese, epistaxe, língua vermelha com saburra amarela, pulso rápido e de corda.

Etiologia e patologia

Esta síndrome ocorre pela acumulação (estase) de qi por muito tempo, que depois se transforma em fogo, ou é motivado por excesso de bebidas alcoólicas e fumo, causando assim uma acumulação de calor que se transforma em fogo. A subida de fogo do Fígado é a causa de tontura, a sensação de distensão na cabeça, cefaleia, conjuntivite aguda, sabor amargo na boca e rubor facial. O fogo lesiona o Fígado causando disfunção na dispersão e na drenagem do fígado, lesa os vasos sanguíneos e causa extravasamento, em seguida apresenta hematêmese e epistaxe.

Acumulação do frio no canal do Fígado

Entre as manifestações clínicas podemos encontrar dor no ventre, sensação de distensão e peso nos testículos com dores insuportáveis. O saco escrotal pode estar frio e contraído, mas pode aliviar com calor moderado. A língua é pálida com saburra branca, pulso profundo e de corda ou lento.

Etiologia e Patologia

O canal do Fígado da uma volta pelos órgãos nos genitais externos e passa pela região do ventre. Quando o frio que se caracteriza pela contração e estagnação ele para no canal do Fígado, ocorre estagnação de qi e xue causando assim dor no ventre e sensação de distensão e aumento dos testículos com dor insuportável. Este mesmo caráter de frio patógeno motiva o frio e a contração do saco escrotal.

Obstruction-Of-Menstrual-Blood-Flow

Insuficiência de sangue no Fígado

As manifestações clínicas são tontura, visão turva, secura nos olhos, palidez, espasmo dos tendões e músculos, dormência dos membros, menstruação escassa e retardada de cor pálida.

Etiologia e Patologia

Esta síndrome ocorre geralmente depois de uma hemorragia ou outras enfermidades crônicas em que o sangue é consumido e o sangue armazenado no Fígado é diminuído continuamente produzindo assim a desnutrição dos meridianos. Também, xu (deficiência) de xue (sangue) causa a subida do vento, e por isso aparecem espasmos nos tendões e nos músculos e dormência dos membros. O vento tende a subir (que pertence ao tipo xu) causando tontura e visão turva. A insuficiência de sangue do Fígado e os transtornos na função de armazenamento de sangue esvaziam o Canal Chong, causa de menstruação anormal.

Vento interno do Fígado pelo calor

Entre suas manifestações clínicas estão a febre elevada, convulsão, rigidez na nuca.
Em casos severos pode ocorrer opistótonos, coma, vista fixa para cima, língua vermelha intensa, pulso rápido e de corda.

Etiologia e Patologia

Esta síndrome ocorre por causa da transmissão de calor patógeno do exterior para o interior, que consome o yin do Fígado e impede a nutrição dos tendões e vasos. Ao mesmo tempo o calor patógeno no interior levanta o calor endógeno (que é de tipo xu), de modo que ocorrem convulsões, rigidez na nuca, opistótonos além de febre elevada. O estado de coma ocorre quando o calor patógeno afeta o pericárdio e causa desordem da mente.

eye-of-man-with-jaundice

SÍNDROME DA VESÍCULA BILIAR

Umidade-Calor da Vesícula Biliar

Entre as manifestações clínicas podem ocorrer a esclera e a pele ficam de cor amarela, dor e distensão da região do hipocôndrio, forte dor na parte direita do abdome superior, sabor amargo na boca, regurgitação ácida ou de líquido amargo, língua com saburra amarela e oleosa.

Etiologia e Patologia

A função da Vesícula Biliar no armazenamento e excreção de bílis depende da função normal do Fígado, na drenagem e dispersão do qi. A umidade-calor patógena exógena e o fogo patógeno exógeno são causados pela depressão do Fígado, a umidade-calor endógena é devido a prolongada acumulação no Fígado e na Vesícula Biliar de alimentos oleosos e álcool, o que provoca a disfunção do Fígado e da Vesícula Biliar na drenagem e dispersão, de modo que a bílis não pode ser secretada e excretada normalmente e ocorre o extravasamento. Em seguida podemos ver no paciente icterícia, sabor amargo na boca, regurgitação ácida ou líquido amargo. A estagnação do qi do Fígado e na Vesícula Biliar conduz a estagnação de xue (sangue) causando assim dor no hipocôndrio tipo cólico ou a direita do abdome superior. Como esta síndrome está relacionada estreitamente com o Fígado, denomina-se também como síndrome de umidade-calor no Fígado e na Vesícula Biliar.

Anúncios

O que achou desse artigo?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s