Didático

Os benefícios da VENTOSA…TERAPIA

Que tema hein!
Atualmente a ventosa é a queridinha da MTC no ocidente, todos estão ouvindo falar, todos querem fazer e muitos profissionais querem aprender (cá entre nós, muitos só fazem passar no corpo), algumas áreas da alopatia estão cheias de cursos com certificações de algumas horas, 1 ou 2 finais de semanas, com base para dor, para relaxamento e a mais falada liberação miofascial, mesmo que na MC nem se fale na maioria desses termos. A tradicional Ventosaterapia vai muito além do que simplesmente tratar dores e desconfortos.

Decidi tratar logo desse assunto, pulando algumas etapas, devido a tantas perguntas sobre isso, foram áudios no watsapp e explicações no instagram, mas agora basta mandar esse link e tirar as dúvidas remanescentes depois.

cuppingUm pouco sobre a ventosa

Ainda vou falar sobre a história da ventosa antiga e hoje com a modernidade, mas vou deixar esse assunto para o próximo post. Vou deixar aqui duas citações básicas sobre Ventosaterapia.

A ventosaterapia é uma técnica de tratamento milenar usado por chineses e egípcios, que foi sendo aperfeiçoada por médicos da Medicina Tradicional Chinesa. O primeiro instrumento de ventosaterapia era chifres ocos e são utilizados até os dias de hoje, na prática médica rural. Depois, surgiu vários tipos de ventosas como as de vidro, bambu e plástico. As ventosas são usadas juntamente com uma pressão negativa sobre a pele, onde ocorre o aumento da oxigenação dos tecidos e a ativação da circulação. (BORGES, 2006)

Segundo Wen, “a ventosaterapia é um método que utiliza a pressão negativa dentro de um recipiente que suga a pele e provoca hiperemia e hemorragia, estimulando o tecido local ou as terminações para a cura de patologias.” (WEN, 1985)

Quais os benefícios?

A aplicação de ventosas regulariza o fluxo do Qi e de Xue e ajuda a extrair e eliminar os fatores patógenos como Vento, Frio, umidade e calor. As ventosas também movimentam o Qi e o xue e abrem os poros da pele, precipitando a remoção de agentes patógenos através da própria pele. Alguns estudiosos dizem que nada movimente o qi e o xue mais rapidamente que a ventosa. Logo na primeira aplicação podemos ver o sangue vindo em direção a ventosa. Quando a energia do paciente for deficiente, o fluxo será lento e quando for abundante, o fluxo será muito mais rápido. Pode-se notar objetivamente esse processo, se forem usadas cúpulas transparentes (vidro, acrílico)
Qualquer que seja o tipo de ventosa usada, o objetivo do tratamento é o mesmo, ou seja, remover o agente patógeno externo do corpo e restaurar a circulação do qi, do xue e dos fluidos e, desse modo, promover a saúde.

O efeito dessa terapia pode ser classificado em duas grandes categorias: efeito geral (purificação do sangue, melhora das funções circulatórias, aperfeiçoamento e regularização do sistema nervoso autônomo, etc.). Efeito local (remoção da dor, relaxamento de músculos retesados, etc.).

olympic-cupping-1080x623

Efeitos sobre a pele

De acordo com a experiencia de um homem de 35 anos de idade, o pelo que era fino em suas costas se tornou grosso e cresceu cerca de 1 a 1,5cm após aproximadamente 140 aplicações do tratamento por esse método. A explicação é que por meio da pequena força de tração, há um estímulo físico direto nas raízes dos pelos e na dilatação dos vasos sanguíneos da pele, o que provoca aumento da circulação sanguínea, aumento da temperatura da pele, estímulo do metabolismo no tecido cutâneo, melhor funcionamento das glândulas sebáceas e sudoríparas e da respiração cutânea e suprimento adequado de nutrientes aos tecidos. O ponto essencial da Ventosaterapia não é apenas remover o sangue velho estagnado no interior da pele, mas também substancias venenosas da sua superfície. Esse método acelera a secreção de sais e substancias sebáceas e a excreção de água. Outro ponto importante é que fortalece o poder renovador da pele e sua resistência contra vários agentes nocivos.

neymar ventosa

Efeitos sobre os músculos

O princípio da ventosa provoca uma força de tração que estimula os capilares subcutâneos dos músculos. Dessa forma, a dilatação dos vasos sanguíneos facilita o fluxo de sangue nos músculos. O efeito provoca um enorme beneficio sobre ombros retesados, por exemplo, por remover o sangue congestionado. Além de disso, facilita o fluxo de linfa. Após uma sessão de Ventosaterapia, a pele ficará avermelhada pelo maior fluxo sanguíneo e aumento da temperatura na pele e nos músculos.

cupping (2)

Efeito sobre as articulações

O reumatismo articular cronico é  uma das patologias para as quais a Ventosaterapia se mostra eficaz. Nesse caso, o tratamento é concentrado na área das articulações acometidas. Quando o caso for brando, a cura quase completa é possível, porque as ventosas promovem melhor fluxo de sangue no interior da articulação e melhor desempenho e secreção dos fluidos sinoviais. Se houver espasmos musculares na área próxima às articulações, eles podem também ser aliviados.

Efeitos sobre os órgãos digestivos

A maioria dos pacientes que se submetem à Ventosaterapia na região do estômago sente fome depois da aplicação. Os órgãos digestivos, especialmente o Baço e Estômago, são considerados as “locomotivas” do corpo humano e o tratamento desses órgãos é considerado um dos mais importantes, da mesma forma que o tratamento do Jiao Médio também é considerado importante. Em outras palavras, já que o poder natural de cura do corpo deriva sua energia principalmente dos órgãos digestivos, dá-se grande ênfase ao tratamento de estômago, baço e intestinos. A pequena força de tração sobre o ventre estimula o interior dos órgãos, seus movimentos peristálticos e a secreção de fluidos digestivos e, desse modo, fortalece o poder de digestão, de absorção de nutrientes e de secreção. É por isso que essa terapia tem efeitos notáveis sobre transtornos gastroentéricos crônicos e sobre a constipação. Esses órgãos são afetados favoravelmente mesmo durante o tratamento das costas pelo estímulo dos nervos espinhais e do sistema nervoso autônomo. Além disso, a terapia fortalece os músculos dos órgãos respiratórios.

cupping (3)

Efeitos gerais da Ventosaterapia

Purificação do sangue

Entre os efeitos gerais, o mais importante é aquele sobre o sistema circulatório. O professor Kentaro Takagi, da Universidade de Nagoya, diz que as terapias que estimulam a pele são significativas por despertarem as maiores respostas no sistema circulatório. Suas observações não se referiam necessariamente a Ventosaterapia, mas tem muito em comum com as terapias estimulantes da pele que ele mencionou. Devido a essa pequena força de tração, o fluxo de sangue nas artérias e veias aumenta, embora, no segundo caso, pontos localizados de sangue congestionado apareçam e logo desapareçam. É possível liberar o fluxo da circulação sanguínea onde houver bloqueios ou congestões e interromper o extravasamento inflamatório dos fluidos dos tecidos. portanto, a característica mais importante dessa terapia é facilitar o fluxo de sangue. Ela é muito benéfica para artérias endurecidas. O Dr.Katase, da Universidade de Osaka sugere que essa terapia pode influenciar a composição do sangue: promove o aumento das células brancas e vermelhas e transforma o sangue ácido em alcalino ou neutro. Isso leva à purificação do sangue.

Alternative practitioner cupping woman

Efeitos sobre o sistema nervoso

A Ventosaterapia estimula as papilas sensitivas da pele. Como já foi demonstrado em um experimento clínico conduzido na Universidade de Kobe, os efeitos inibidores na dor hipersensitiva não se limitam à área do tratamento, mas se estendem às áreas controladas pelos nervos envolvidos. O tratamento na região dorsal é direcionado principalmente para a linha central (nervos espinhais e nervos parassimpáticos) e para os nervos simpáticos localizados lateralmente. O estímulo desses nervos tem, pode-se dizer, uma boa influência não só no próprio sistema nervoso autônomo, como também nos vários órgãos sob seu controle. A Ventosaterapia é, como a massagem, eficaz contra a assim chamada síndrome do desconforto generalizado, como dores de cabeça crônicas, vertigem, abatimento, tensão muscular, fadiga, etc. São sintomas supostamente originados da ansiedade, da preocupação e da dor física. Também é eficaz contra doenças crônicas endógenas, tais como hipertensão arterial, neuralgia e reumatismo. Durante a aplicação de ventosas nas costas ou na região lombar, por exemplo, alguns pacientes de meia-idade ou de idade avançada adormecem e chegam a roncar bem alto. Isso demonstra claramente um dos efeitos sobre o sistema nervoso.

A Ventosaterapia é adequada para o tratamento de dores, síndromes-Bi, transtornos dos sistemas digestivo, circulatório e respiratório, algumas patologias da pele, como furúnculos e eczema, paralisia facial, fraqueza dos músculos, hipertensão arterial, resfriados, etc.

– Pele –cupping1

Qualquer estímulo com objetivo a influenciar ou manipular os órgãos internos ou externos começa obrigatoriamente na pele. A pele é o maior órgão do corpo, contendo líquido, sangue (xue), vasos sanguíneos, tecido conjuntivo, muculos e um rico suprimento nervoso. O primeiro contato do nosso corpo com o mundo é feito através da pele. A pele reflete também a nossa saúde: a pele de uma pessoa saudável é brilhante, firme e a textura é macia. Ela reage às mudanças de temperatura e é normalmente cálida ao toque. Porém, quando o organismo está doente, sua aparência se torna embaçada, sem vida, pálida e geralmente fria ao toque.

Os 14 principais canais que possuem uma ligação direta com os órgãos internos (zangfu) também situam-se na pele. Ao estimular um determinado ponto, com  acupuntura, massagem, gua sha, moxa ou ventosa, o objetivo é o mesmo, atingir e mudar o xue e o Qi de um determinado órgão, por meio da manipulação da pele.Se olharmos esse fato sob o ponto de vista da Medicina Ocidental, é por meio da rede composta pelos vasos sanguíneos, veias, artérias, sistema nervoso e tecido conjuntivo, cada célula em uma determinada área, que se dá essa influencia. No entanto, sob o ponto de vista da Medicina Tradicional Chinesa, a responsabilidade é dos canais, dos colaterais, do xue e do Qi. De acordo com a MTC, o pulmão controla a pele, quando a energia dos pulmões é abundante, a pele fica nutrida, brilhante e trabalha bem, o cabelo e as unhas recebem nutrição adequada e ficam com aparência saudável. Os pulmões difundem o Qi e os fluidos por todo o corpo através da pele. Dessa forma, a umidade depende também de pulmões saudáveis. Cada órgão zangfu é representado, na pele, por um meridiano, portanto, há uma conexão via pele para os agentes patógenos externos.

– Sangue –cupping2

“É um tipo de substancia resultante da transformação da essência dos alimentos, produzida pela atividade funcional de Qi, que circula pelos vasos sanguíneos e nutre os tecidos do corpo.”
Dentro da filosofia da MTC o sangue (xue) é derivado dos alimentos e do Qi e produzido pelo Baço.
Como a pele o sangue tem uma função diferente, sob o ponto de vista da MTC, em relação a Medicina Ocidental. Uma das características mais importantes do sangue na MTC é que ele contem Qi (energia). Qi é a locomotiva do sangue.
Xue é inseparável do Qi. Qi infunde vida no Xue, sem Qi, o Xue seria um fluido inerte.”

Onde o Qi se move, o sangue também se move e vice-versa, onde o sangue se move, Qi o segue. Quando comparados, o sangue é Yin e o Qi é Yang. O sangue circula nos vasos sanguíneos e também nos meridianos e colaterais.

– Qi –Qi1

“A energia da vida”, “força Vital”, “Força de Vida”, “Energia” são termos usados no Ocidente para tentar descrever o significado de Qi, mas não há equivalente no Ocidente. Quase sempre escutamos comentários como “A semana passada eu estava muito mal e meu nível de energia estava tão baixo que a única coisa que consegui fazer foi ficar na cama. Hoje me sinto melhor e mais energético e muito mais forte também”. Em outras palavras, todos nós sentimos continuamente a presença de Qi.

Os chineses acreditam que o corpo humano, seus tecidos, músculos, tendões, ossos, medula e mente, compreendendo emocional, lógico e espiritual, devem estar em equilíbrio (Yin e Yang) com Qi agindo como um éter interconectado. Quando dirigido pode-se sentir seu movimento pelo corpo em determinadas circunstâncias e pode dar origem a uma variedade de efeitos, como sensações de formigamento, calor e assim por diante.

Qi se expressa pelo movimento e pelo calor. Qualquer tipo de movimento necessita de Qi e, muitas vezes, é manifestado como calor. A falta de energia, por outro lado, se manifesta como frio. Na prática clínica, também, quando um paciente se quixa de frio, o sintoma muitas vezes é acompanhado de falta de energia. Bom fluxo de Qi garante que os órgãos do corpo funcionem corretamente e que o sistema imunológico é ótimo.
Ao tratar uma doença que se encontra no nível de Qi, de acordo com os Quatro Níveis de Diferenciação das Síndromes, o agente patogênico externo ainda está lutando no nível da pele e a resistência geral do corpo ainda é boa. Algumas das manifestações clínicas são febre alta, tosse com muco amarelado e transparente, chiado e sede. A Ventosaterapia nesse nível é uma forma de tratamento muito eficaz.

É um velho costume turco: quando uma cadeira é desocupada, esperar que esfrie antes de outra pessoa se sentar nela. Há uma preocupação genuína e o medo de pegar a doença oculta da outra pessoa por intermédio do calor do seu corpo retido na cadeira.

– WEI QI –post-07-22-4

Wei Qi é o Qi protetor/defensivo que se move logo abaixo da pele. Ele consiste na parede de defesa externa contra todos os agentes patógenos, como vento, frio, umidade e calor. Wei Qi também controla a abertura e fechamento dos poros da pele e, dessa forma, controla a transpiração. Ele aquece e nutre a pele, tendo como fontes o Sangue (xue) e o Qi e é controlado pelos Pulmões. “Wei Qi é um tipo de YangQi, resultado da digestão e absorção dos alimentos pelo Baço e Estômago, possui as funções de proteger a camada tegumentar e a musculatura contra agentes patógenos externos, ajustar a transpiração e nutrir a pele.” “O fracasso de Wei Qi em proteger o corpo contra doença resulta em estado mórbido caracterizado por transpiração espontânea e aversão ao vento. Ocorre pela deficiência do Qi superficial e conseguente diminuição da capacidade do corpo de resistir às doenças, que permite a invasão de fatores patógeno externos.”
As manifestações clínicas neste nível incluem febre com pouca ou nenhuma transpiração, dores de cabeça occipitais, tensão muscular do pescoço, sede, dor de gargante, tosse e uma sessação de frio. A Ventosaterapia utilizada para o tratamento das doenças nesse nível é altamente eficaz.

ESTAGNAÇÃO

Estagnação é o termo que refere a congestão ou ao acúmulo por falta de movimento de qualquer um dos elementos, isto é, dos Alimentos, dos Fluidos, do Qi ou do xue.

Estagnação dos AlimentosLittle girl eating jelly-glazed donut with sprinkles

Este padrão é, com frequência, observado em criança, quando os pais ficam ansiosos para dar-lhes alimentos suculentos, algumas vezes a força. Bebidas e alimentos frios ou hábitos alimentares irregulares também podem causar problemas de acúmulo, o que prejudica a função do Baço de transformação e transporte. As manifestações clínicas são inquietação, vômitos, produção de fleuma, diarreia, constipação, sensação de aperto no estômago e abdome doloroso.

– Estagnação de fluidos –1200px-Combinpedal

O Estômago é a origem dos Fluidos do Corpo. Os Fluidos são as substancias yin necessárias que auxiliam o processo de digestão propriamente dito. Quando este processo se encontra prejudicado pelos agentes patógenos Frio e Calor, ou por alimentos crus em excesso, as funções do Baço ficam prejudicadas. As manifestações clínicas da estagnação do fluidos são muito semelhantes às da estagnação dos alimentos, incluindo o edema de membros superiores e inferiores. Está síndromes é observada principalmente nas pessoas mais velhas e tem como causa a deficiência do Qi do Rim ou do Coração.

– Estagnação de Qi –

Esta é a incapacidade do Qi de fluir suavemente por todo o corpo. As principais manifestações clínicas são: “sensação de distensão, dor como por distensão que se move de um lugar para outro, massas abdominais que aparecem e desaparecem, depressão mental, irritabilidade, sentimento de tristeza, mudanças frequentes de humor, suspiros frequentes, pulso apertado ou resistente, língua levemente roxa”.

gettyimages-163941798– Estagnação por estase de sangue –

O sangue na MTC é denominado com Xue. Como foi dito anteriormente o xue contém Qi e o Qi move o xue e ambos são inseparáveis. Quando há acúmulo/estagnação de xue logo há também estagnação de Qi, com isso os nutrientes não serão levados para o corpo e a energia também não será transportada. A formação e a circulação de xue dependem do Qi, enquanto que a formação e distribuição de Qi estão relacionadas com Xue. Sendo assim pode ocorrer as manifestações da estagnação de Qi, síndromes do Coração, Baço, Rim e Pulmão tem grande influencia na condição de movimento do sangue. Quando há estagnação de xue a ventosaterapia é de grande ajuda para liberar a passagem e promover a melhor circulação eliminando as toxinas.

Espero que tenha tirado algumas dúvidas do que seja ventosa/vetosaterapia/cupping e falaremos sobre esse assunto ainda.

REFERÊNCIAS:
  1. Wang Bao Xiang, Dong Xue Mei 1992 Chinese-English bilingual glossary of Traditional Chinese Medicine. Jian, Shandong Province
  2. Maciocia G 1989 The foundations of Chinese medicine. Churchill Livingstone, Edinburgh
  3. Translation of Wei-Qi by Wang Bao Xiang, Dong Xue Mei 1992 Chinese-English bilingual glossary of raditional Chinese Medicine. Jian, Shandong Province
  4. Nielsen A 1995 Gua Sha, a traditional technique for modern practice. Churchill Livingstone, Edinburg
  5. An Updated Review of the Efficacy of Cupping Therapy. Huijuan Cao, Xun Li, Jianping Liu
Anúncios

1 resposta »

O que achou desse artigo?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s