Didático

Etiologia na Medicina Chinesa – Parte 1/3

Por ser um tema bastante complexo e um pouco extenso, optei por dividir a Etiologia em 3 partes, essa é a primeira.

O corpo humano tem a capacidade de resistir a diversos fatores patógenos assim como para manter o equilíbrio relativo do interior do corpo, e entre o corpo e mundo exterior. A esta capacidade de resistência chamamos zhengqi (fator antipatógeno) e sobre esses fatores que tendem a atrapalhar os equilíbrios relativos chamamos de xieqi (fatores patógenos). A presença da enfermidade ocorre por conta da luta entre esses dois fatores, o zhengqi não consegue resistir ao xieqi, e assim ocorre a perca do equilíbrio normal entre yin e yang do corpo.

A Medicina Tradicional Chinesa considera que a aparição da enfermidade depende dos fatores zhengqi e xieqi, sobre tudo da ação do zhengqi. O zhengqi é a causa interna e principal da enfermidade, e o xieqi é a causa externa e secundaria. A causa interna é um fator básico e a causa externa é o fator condicional da aparição da enfermidade. A causa externa atua através da causa interna. Quando o zhengqi está normal, o xieqi não pode penetrar, se o xieqi vence é porque o zhengqi está fraco.  Por isso no tratamento da enfermidade na Medicina Tradicional Chinesa deve ter uma atenção especial em regular e proteger o zhengqi. O feito de que a acupuntura pode curar a enfermidade se deve a ação de regular e fortalecer o zhengqi e facilitar o restabelecimento do equilíbrio interior do corpo assim como entre este e o mundo exterior.

A etiologia da Medicina Tradicional Chinesa possui suas próprias características. Primeiro, relaciona diretamente as enfermidades com as mudanças climáticas tais como vento, frio, calor de verão, umidade, secura e calor, em geral que vão além da adaptalidade (melhor nome que achei para tradução) do indivíduo, considerando como fatores patógenos de diversas enfermidades. Isto quer dizer que os fatores ambientais não são somete considerados como fatores indutivos como também fatores causantes que podem afetar diretamente o corpo humano e causar enfermidades.

china

As mudanças climáticas anormais são consideradas também fatores patógenos: vento patógeno, frio patógeno, etc. Às vezes se denomina uma enfermidade de acordo com o fator patógeno que ela produz. Por exemplo, o vento patógeno pode causar shangfeng (resfriado), ou seja, lesionado (shang) pelo vento (feng), já o calor patógeno do verão pode causar zhongshu (insolação), ou seja, atacado (zhong) pelo calor de verão (shu).

Os fatores patógenos são geralmente incluídos nas características das manifestações clínicas juntamente com os sinais e sintomas refletindo a anormalidade ou a incompatibilidade entre os fatores zhengqi e xieqi. Por tanto, os fatores patógenos são ligados também à patologia na Medicina Tradicional Chinesa.

A patologia da enfermidade tem uma grande importância para definir o tratamento e o método a seguir. Não devemos investigar os fatores patógenos isoladamente, mas sua relação com sua natureza e seu significado real, estudando as relações entre esses fatores e suas disfunções no corpo humano.  Este método analisa os fatores patógenos baseando-se nas manifestações clínicas e possuem grande importância para orientar o tratamento clínico.

Os fatores patógenos de diferentes naturezas que atuam em diferentes partes do corpo humano podem causar várias disfunções e consequentemente as enfermidades de diversas naturezas tem diferentes sinais e sintomas clínicos. Isso demonstra que existe uma relação interna entre fator patógeno e os sinais e sintomas causados por ele. Por tanto diferenciar conceitualmente os sinais e sintomas não só facilita a identificação do fator patógeno, como também (e isso é o mais importante) pode conhecer a preponderância ou decaimento de zhengqi e xieqi em sua luta. Pela função normal ou anormal dos órgãos zangfu e a suficiência ou deficiência de Qi e Xue, se pode saber a causa e conhecer as mudanças que ocasionam a enfermidade, e baseando-se na sintomatologia determinamos os princípios dos tratamentos. Este é o método que a Medicina Tradicional Chinesa conhece como “buscar a causa de uma enfermidade mediante a diferenciação dos sinais e sintomas” e “dar o tratamento baseando-se na investigação da causa da enfermidade”, ou em outras palavras, “determinar o tratamento com base na diferenciação dos sinais e sintomas”.

quatro-estacoes1

Os fatores patógenos se dividem em três grupos:

  • Seis fatores exógenos
  • Sete fatores emocionais
  • Fatores coadjuvantes

A fleuma e estagnação de xue (sangue) são sintomas patológicos que conduzem para as mudanças patológicas posteriores, por isso eles se denominam fatores patológicos secundários.

No próximo post irei dar uma explicação sobre os sinais e sintomas causados pelos diferentes fatores patógenos exógenos.

Anúncios

O que achou desse artigo?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s